Publicidade

Acesso Restrito

O que é, afinal, a vida?

Por: Solange da Cruz Battirola

NÃO PODERIA DEIXAR DE PARTILHAR COM MEUS LEITORES, ESTE LINDO TEXTO DE CANISIO MAYER, QUE TRABALHEI EM UMA DE MINHAS AULAS ENSINO RELIGIOSO. FIZ A DISTRIBUIÇÃO DE CADA PERSONAGEM ANTECIPADAMENTE COM ALGUNS ALUNOS, DISTRIBUINDO ALGUNS PAPÉIS, DEPOIS ELES MESMOS SOLICITARAM UMA ENCENAÇÃO. FOI LINDO!

BOM PROVEITO!

SOLBATT

O QUE É, AFINAL, A VIDA?

Num lindo dia de sol, por volta do meio dia, fez-se grande silêncio na orla da mata. Os passarinhos haviam escondido suas cabecinhas sob as asas, e tudo descansava.

Foi quando o Bem-te-vi espiou por entre as folhagens da árvore e perguntou: "O que é, afinal, a vida?"

Todos se surpreenderam com esta pergunta difícil. O Bem-te-vi deixou o seu galho, deu uma grande volta pelo campo e voltou, em seguida, ao seu lugar, à sombra da árvore.

Uma Roseira, à beira do caminho, estava, nesse momento, abrindo um botão. Desenrolando uma pétala após outra, dizia: "A vida é só alegria e brilho".

Por entre o gramado denso, uma Formiga carregava uma haste dez vezes mais longa do que ela própria. Numa parada para descanso, disse: "A vida não é mais do que trabalho e cansaço".

Uma Abelha, voltando de sua excursão pelo campo, carregadinha de néctar, observou: "A vida é um misto de trabalho e prazer".
Ouvindo estas reflexões sábias, o Botão não pôde deixar de dar seu palpite: "A vida? A vida é uma luta no escuro".

Quase teria dado briga entre os animais, se não tivesse começado a chover. E a Chuva dizia: "A vida consiste de lágrimas, só lágrimas".

E a Chuva seguia adiante, para o mar; aí as Ondas se jogavam com toda a força contra a rocha e gemiam. "A vida é uma luta constante e sem êxito por liberdade".

Muito alto, no céu, uma Águia perfazia círculos majestosos, ela exultava: "A vida é um esforço para subir".

Não muito longe da margem, estava uma Árvore; já curvada pela tempestade, disse: "A vida é inclinar-se sob uma força maior".
Então veio a noite, silenciosamente. Uma Coruja deslizava pelo campo, em direção à mata, e disse: "A vida é aproveitar as oportunidades, enquanto outros dormem."

Finalmente, o silêncio cobriu o campo e a mata, após algum tempo. Chegou um jovem e caiu na relva, cansado de dançar e beber: "A vida é uma busca constante de felicidade e uma longa corrente de decepções".

De repente, a Aurora se levantou, em todo o seu esplendor, e disse: "Assim como o dia é um instante na vida, assim a vida é um instante da Eternidade".

"Há quem diga que a vida da gente é um nada no mundo.
É uma gota, é um tempo, que nem dá um segundo.
Há quem fale que é um divino mistério profundo.
É um sopro do criador, numa atitude repleta de amor.
Você diz que é luta e prazer.
Ele diz que a vida é viver"

(Gonzaguinha)

Texto do livro Viver e Conviver
Canísio Mayer

Participação: 1 Comentários

Avaliação:

  • Atualmente 5.00/5

Se você quer comentar também Clique aqui

Compartilhe ou guarde este conteúdo

Mais Matérias de Religião

Resolução mínima de 800x600. Copyright © 2014 Rede Omnia - Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial sem prévia autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98).

R7 Educação