Publicidade

Acesso Restrito

Leitura e escrita: o trabalho com a palavra.

Por: Eduardo Eide Nagai

Nestes dias, quando participei de uma reunião de pais e professores na escola onde leciono Língua portuguesa, comecei a conversar com um dos pais sobre a situação do seu filho. Estávamos conversando sobre o porquê seu filho tirou nota baixa na minha matéria. Falávamos sobre o problema que ele tinha em Ler e Escrever e sobre como poderíamos resolver a situação. Porém, quando o pai mostrou para mim a nota que seu filho tirara em minha disciplina percebi que não era a mesma pessoa. O aluno a que se referia o pai e o aluno a que me referia eram alunos diferentes com o mesmo nome. Foi engraçado, pois as características de ambos eram parecidos.

Isso mostra a dificuldade geral que enfrenta os jovens de hoje (talvez de sempre), a sociedade em que vivemos não motiva os seus membros a ler e interpretar o mundo, muito pelo contrário, já dá o mundo a nós prontinhos. Como se isso fosse possível. Podemos dizer que vivemos a era Delivery, ou seja, não precisamos trabalhar o mundo. Ele já está pronto, precisamos desfrutar desta maravilha que criamos. Percebemos em cada relação nossa com a sociedade. Se queremos comida, pedimos nossas pizzas. Se queremos distração, assistimos novelas. Se queremos aprender, os professores transmitem o conhecimento e a ciência já produzidos.

Ler e Escrever são dois lados de uma mesma moeda, ou seja, ambos são trabalhosos e árduos. Ambos exigem reflexão. Atenção. Produção de sentidos. Ambos são processos ativos. Outras pessoas dão à produção de texto o caráter de ativo e a leitura de passivo. Mas isso é um equívoco. Nos dois casos nos esforçamos para trabalhar a palavra. A leitura requer invenção do mundo da mesma forma que a produção de um texto. Ambos são sujeitos, o que escreve e o que lê. Ler não é correr os olhos em uma palavra, mas ler é sobretudo contruir sentido por sentido, como se fosse uma casa em construção. Ler é trabalhar a linguagem. Ler é posicionar-se no mundo. Ler é investir tempo e energia pesada no mundo.

Precisamos ver a leitura deste ponto-de-vista. Como uma a construir. Como um porvir. Como um trabalho.

Se trabalhar é dar sentido a nossa vida, então ler também  é estar no mundo com o mundo para o mundo. Ler é existir.

Participação: 1 Comentários

Avaliação:

  • Atualmente /5

Se você quer comentar também Clique aqui

Compartilhe ou guarde este conteúdo

Mais Matérias de Português

Resolução mínima de 800x600. Copyright © 2015 Rede Omnia - Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial sem prévia autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98).

R7 Educação

Ankara Escort istanbul escort antep escort Ankara Escort mersin escort Antalya Escort Ankara Rus Escort escort bayan Ankara escort bayan ankara escort izmit escort bodrum escort Ankara bayan masöz kuşadası escort Eskişehir Escort Ankara escort bayan