Publicidade

Acesso Restrito

Massas de ar

Por: Eduardo de Freitas

As massas de ar são os elementos mais importantes para explicar as mudanças no comportamento dos fenômenos atmosféricos.

Elas constituem volumes da atmosfera (semelhantes a enormes bolhas ou “bolsões”) contento algumas propriedades comuns (temperatura, umidade, etc) por causa da área em que se localizam. Elas se movimentam muito, geralmente uma empurra a outra e ocupa seu lugar.

Existem algumas massas de ar polares:

- Equatoriais
- Tropicais oceânicas
- Continentais

O grande responsável pela maior parte das alterações do tempo de um lugar é a dinâmica das massas de ar, que resulta em frio, chuvas, calor e etc.

O encontro entre duas massas de ar de diferentes temperaturas são chamadas de frente. Só acontece uma frente fria, quando uma massa polar se desloca e empurra uma tropical, ocupando o seu lugar.

Para o território brasileiro, as mais importantes massas de ar são:

- Massa equatorial atlântica (mEa) – Localiza-se na parte litorânea da Amazônia, em certos momentos do ano também se localiza no Nordeste. Tem seu centro de origem no oceano Atlântico. A massa equatorial atlântica é quente e úmida.

- Massa equatorial continental (mEc) –É uma massa quente e úmida. Localiza-se na porção noroeste da Amazônia, fica praticamente todo o ano. É a única continental (que se localiza acima dos continentes) úmida no globo, pois, como regra geral, as massas de ar oceânicas são úmidas e as continentais secas. Sua umidade pode ser explicada principalmente por causa da presença da floresta Amazônica. Tem o centro de origem na parte ocidental da Amazônia

- Massa Tropical atlântica (mTa) – Quente e úmida, originária do oceano Atlântico nas imediações do trópico de Capricórnio ( que passa pela cidade de São Paulo), tem uma enorme influência sobre a parte litorânea do Brasil (do nordeste até o sul).

- Massa tropical continental (mTc) – Originário na depressão do Chaco (parte da Argentina e do Paraguai) abrange uma área de atuação muito limitada. Ela é quente e seca.

- Massa polar atlântica (mPa) – Tem suas origens nas porções do oceano Atlântico próximas a Patagônia (sul da Argentina). É uma massa de ar fria e úmida. Ela se atua mais no inverno, quando penetra no Brasil sob a forma de frente fria, provocando chuvas e declínio da temperatura.

Participação: 3 Comentários

Avaliação:

  • Atualmente /5

Se você quer comentar também Clique aqui

Compartilhe ou guarde este conteúdo

Mais Matérias de Geografia

Resolução mínima de 800x600. Copyright © 2014 Rede Omnia - Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial sem prévia autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98).

R7 Educação