Publicidade

Acesso Restrito

Catástrofes Ambientais: Culpa dos Fenômenos Climáticos?

Por: Luciano Sartori

Nos últimos cinco (5) anos tornou-se comum ouvirmos nos diversos meios de comunicação notícias sobre catástrofes ambientais, sobretudo aquelas que provocam grandes perdas de contingente humano, e principalmente de bens materiais. Tornou-se corriqueiro para os veículos de comunicação vincularem notícias sobre estes eventos climáticos dedicando um certo grau de sensacionalismo, forçando a população á forjar uma opinião a cerca do motivador desta catástrofe.

Fenômenos como El Niño, principalmente, são alvos de críticas por parte da mídia, que costuma associar algumas catástrofes, muitas vezes não naturais, á este que é um evento natural no planeta, que possui alguma regularidade de acontecimento, porém, muitas vezes imprevisível do ponto de vista das conseqüências.

Pode-se citar, por exemplo, alguns incêndios florestais, que muitas vezes são associados á baixa umidade do ar e á alta temperatura nos meses do verão, principalmente em países tropicais, como o Brasil. Porém, devemos lembrar que a maioria dos casos de incêndios florestais, que geralmente acabam devastando também plantações ou áreas residenciais, tem origem em formas de manejo inadequado, tanto da agricultura (convencional de subsistência ou moderna) como na indústria, comércio ou serviços.

O fato de estar acontecendo o fenômeno El Niño não condiciona a ocorrência de incêndios, mas sim pode acarretar em uma rápida propagação das chamas, devido ás altas temperaturas. Outro exemplo são os alagamentos, em regiões que apresentam aumento excessivo dos índices pluviométricos em meses do verão. Um exemplo claro disso, é a cidade de São Paulo, que recebe uma descarga de pluvial muito maior do que o normal, nas épocas de ocorrência do El Niño.

Durante uma enchente, a primeira notícia que é vinculada na mídia são imagens de pessoas desesperadas, perdendo seus bens, ou tentando salvá-los a todo custo, deixando muitas vezes até a própria vida em risco. A população sempre acaba encontrando alguém ou algo para por a culpa pela catástrofe, menos é claro, suas próprias atitudes. Quando observamos uma enchente, podemos notar algumas características básicas: Geralmente acontecerá em locais superpovoados; sempre será percebida uma enorme quantidade de lixo nas ruas; acontecerá nas encostas de morros onde ocorrem os deslizamentos e soterramento de casas, sempre acontecerá em cidades com contingente de população pobre muito grande e geralmente virá sucedido de um surto de doenças venéreas.

O que dificilmente é mostrado nos canais de comunicação é a verdadeira causa das enchentes, deslizamentos e soterramentos. A mídia acaba não dando importância para as informações de Profissionais como Geógrafos, Geólogos e Engenheiros Civis, quando estes alertam para construções em áreas irregulares, grandes alterações no relevo, em especial aqueles nas encostas dos morros, e principalmente ás mudanças climáticas em curto prazo.

A população, que se acostumou a esperar pelos desastres á mudar seus hábitos para evitá-los, acaba por sofrer as conseqüências, e após perder quase tudo, acaba pondo a culpa pelas catástrofes no clima e nos seus fenômenos. Talvez poderíamos dizer que é falta de informação, conhecimento, mas temos uma gama gigantesca de veículos de comunicação que nos informam sobre estes eventos, e que podem nos ensinar como lidar com o Meio Natural a fim de não interferir na sua dinâmica. Porém, quantos são os cidadãos que "perdem" alguns minutos vendo um noticiário, vendo a previsão do tempo, ou mais que isso, lendo um livro, revista ou vendo um documentário sobre os fenômenos naturais, e sobre a dinâmica estrutural da Natureza?

Devemos lembrar que eventos climáticos acontecem no planeta Terra desde a sua origem, a aproximadamente 4,6 bilhões de anos. Devemos nos acostumar com a ideia de que a natureza sofre influência externa, das atividades humanas, mas que ela possui uma ordem de ação e reação, que não pode ser modificada. E devemos principalmente, nos conscientizar que devemos conhecer bem o meio natural antes de ocupá-lo e explorá-lo. Devemos entender como ele funciona, antes de julgá-lo.

Participação: Nenhum Comentário

Avaliação:

  • Atualmente 5.00/5

Se você quer comentar também Clique aqui

Compartilhe ou guarde este conteúdo

Mais Matérias de Geografia

Resolução mínima de 800x600. Copyright © 2014 Rede Omnia - Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial sem prévia autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98).

R7 Educação