Publicidade

Acesso Restrito

Dosagem de IgE

Por: ARIANE MEDEIRS DE BRITO

Cerca de 20% dos adultos sofrem com algum tipo de doença alérgica, sendo que muitos indivíduos desenvolvem as alergias durante a infância, constituindo um problema de saúde pública significante.

As alergias mais comuns são asma, rinite, dermatites e alimentares que se manifestam em vários graus, podendo ser brandas ou até mesmo fatais por choque anafilático, que produz colapso nervoso.

Para se diagnosticar uma alergia, além de se incluir um histórico cuidadoso de fatores ambientais ou hábitos alimentares, utiliza-se de exames clínicos e testes laboratoriais. Um dos testes que são utilizados é a dosagem de IgE, Imunoglobulina E Total e do Ig E específico (RAST).
Nosso organismo quando necessário, cria mecanismos imunológicos, para se proteger de corpos estranhos, como poeira, pêlo de animais, ácaros, pólen ou componentes de alimentos. Esse corpos estranhos chamamos de alérgenos e estimulam a produção de um anticorpo chamado de IgE.

Em algumas pessoas, essa reações imunológicas, mediadas por IgE são exageradas, desencadeando hipersensibilidade, vindo dai as reações alérgicas. Nesses casos a quantidade de IgE encontram-se aumentadas, mas nem senpre quantidades superiores de IgE total significam alergia, é necessário determinar o IgE específico, ou seja aquele produzido pelo alérgeno, motivado pela resposta do organismo.

Assim por exemplo, um alérgeno como a poeira, entrar em contato com o organismo, irá produzir um IgE específico para o mesmo.Altos níveis de IgE são associados a alergias. Indivíduos com <20 kU/Lsão pouco prováveis de terem alergia, enquanto que com mais de 200 KU/L são muito prováveis de terem alergia.

Participação: Nenhum Comentário

Avaliação:

  • Atualmente /5

Se você quer comentar também Clique aqui

Compartilhe ou guarde este conteúdo

Mais Matérias de Biologia

Resolução mínima de 800x600. Copyright © 2014 Rede Omnia - Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial sem prévia autorização (Inciso I do Artigo 29 Lei 9.610/98).

R7 Educação